Sbado, 25 de Setembro de 2021 |

Você Lembra?

1532- FERNANDO CARDOSO

Por Redação em 30 de Julho de 2021


Fernando Cardoso, o nosso entrevistado nesta edição, foi um bom defensor com marcantes passagens por clubes gaúchos e portugueses. Fernando Cardoso, que é natural de Pelotas, nasceu no dia dezessete de março de 1979. Iniciou suas atividades na base do Brasil de sua cidade natal em 1991. Permaneceu na base Xavante até 1995 quando se transferiu para a base do Inter, onde se profissionalizou em 1999. O Inter no ano de 2000 jogava com João Gabriel; Barão, Fernando Cardoso, Ronaldo e Marcelo Santos; Fábio Rochenbach, Juca e Diogo; Fabiano, Rodrigão e Beto Santos. No ano seguinte os colorados atuavam com Hiran; Duilio, Fernando Cardoso e Ronaldo; Denilson, Leandro Guerreiro, Marcelo, Tim e Alex; Fábio Pinto e Gil Baiano. Em 2003, seu último ano como atleta colorado integrava uma equipe que era escalada com Clemer; Fernando Cardoso, Sangaletti e André Cruz; Gavilan, Claiton, Fábio, Daniel Carvalho e Edu Silva; Nilmar e Jeferson Feijão. A seguir Fernando Cardoso foi para o futebol português. Defendeu o Nacional e o Marítimo. Em 2011 retornou para o nosso futebol contratado pelo Pelotas que atuava com Adinan; Jonathan, Jonas, Fernando Cardoso e Robinho; Gavião, Makelelê e Cleber; Maicon Sapucaia, Tiago Duarte e João Paulo. No ano seguinte o aúreo cerúlero era escalado com Martin; Paulinho, Fernando Cardoso, Renan e Brida; Danilo Portugal, Maicon Sapucaia e Odair; Clodoaldo, Reinaldo e Guly. No ano seguinte Fernando Cardoso se transferiu para o arquirival Brasil que ia a campo com Luiz Muller; Tiago Rannow, Ricardo Biehls, Fernando Cardoso e Rafael Foster; Leandro Leite, Washington e Claiton; Alex Amado e Eder Machado. Fernando Cardoso permaneceu no clube do estádio Bento Freitas até 2017 quando se transferiu para o Esportivo de Bento Gonçalves onde permaneceu até 2019 para encerrar suas atividades como atleta profissional de futebol. Fernando Cardoso considera todos os treinadores que teve a orientá-lo. Aprendeu com todos. Os melhores zagueiros que viu em ação foram o argentino Avalos, Gamarra e o seu ex companheiro Cirilo. Os atacantes mais difíceis de serem marcados foram os inteligentes. O seu ídolo foi seu pai João Carlos. Hoje Fernando Cardoso reside em Bento Gonçalves onde exerce as atividades de gerente de futebol do Esportivo local. Assim resgatamos a história futebolística de Fernando Cardoso que foi um eficiente zagueiro que marcou presença no futebol gaúcho e português.

COMENTÁRIOS ()