Sbado, 25 de Setembro de 2021 |

Você Lembra?

1537 - PAULO BARROCO

Por Redação em 03 de Setembro de 2021


O futebol riograndino ao longo dos tempos apresentou craques de bola como Chinesinho, Neca, Scala, Toquinho, Paulo Barroco, o nosso entrevistado nesta edição, e muitos outros. Paulo Barroco foi um excelente lateral esquerdo que praticamente só atuou no São Paulo de sua cidade natal. Iniciou suas atividades no Rio Grande, o “Vovô” do futebol brasileiro em 1975 que jogava com Paulinho; Marco Antônio, Beto, João Carlos e Paulo Barroco; Pedroso, Cid e Paulo Correa; Toquinho, Bento e Cajuba. No ano de 1977 foi contratado pelo São Paulo que ia a campo com Paulinho; Pepe, Machado, Flávio Sales e Paulo Barroco; Vadi, Antoninho e Evonir; Gonha, Nilo e Pinguela. Em 1979 o São Paulo atuava com Sérgio, Joubert, Pontes, Tadeu Xavier e Paulo Barroco; Paulo Ferro, Motor e Astronauta; Toquinho, Eder e Ronaldinho. No ano de 1980 esteve emprestado ao Santa Cruz da “Capital do Fumo” retornando logo ao estádio Aldo Dapuzzo. Em 1984 o São Paulo formava com Nando; Bento, Carlão, Marco Antônio e Paulo Barroco; Motor, Itamar e Valdir Lima; Pitico, Laerte e Valtinho. Em 1986 formava com Nando; Kiko, Carlão, Edmilson e Paulo Barroco; Sergio Peres, Neca e Serginho; Ernani, Douglas e Luizinho. Para Paulo Barroco todos os técnicos que o orientaram foram importantes para o seu aprendizado. Os melhores laterais que viu em ação foram Leandro, ex Flamengo e Marinho, ex Botafogo e Fluminense. O melhor ponteiro que enfrentou foi Zequinha, ex Grêmio e Botafogo. O seu gol inesquecível foi marcado cobrando um pênalti contra o Inter no Beira Rio em jogo válido pela Copa Bento Gonçalves em 1985. Hoje aposentado, reside na sua cidade natal, Rio Grande, onde nasceu no dia vinte e oito de outubro de 1952. Assim, resgatamos a história futebolística de Paulo Roberto Oliveira Barroco, que inegavelmente foi um dos melhores atletas profissionais do futebol riograndino em todos os tempos.

COMENTÁRIOS ()