Sbado, 04 de Dezembro de 2021 |

Você Lembra?

1543 – PAULO RODRIGUES

Por Redação em 15 de Outubro de 2021

(Foto: Divulgação)


Em 1988, quando o Bahia conquistou o seu título no Campeonato Brasileiro diante do Internacional, o seu ponto alto foi a meia cancha integrada pelo Bobô, Zé Carlos e Paulo Rodrigues, o nosso entrevistado nesta edição. Paulo Rodrigues foi um excelente volante, cobrindo com muita eficiência o seu sistema defensivo. O seu nome é Paulo Rodrigues Borges, sendo mineiro de Uberaba, onde nasceu no dia cinco de outubro de 1960. Iniciou suas atividades esportivas no Nacional de sua terra natal em 1983.Em 1987 foi contratado pelo Botafogo de Ribeirão Preto. No ano seguinte foi para o tricolor baiano que jogava com Ronaldo; Tarantini, João Marcelo, Claudir e Paulo Robson; Paulo Rodrigues, Bobô e Zé Carlos; Gil, Charles e Sandro. Em 1990 o Bahia atuava com Chico; Gilvan, Jorginho, Roberto e Cleber; Paulo Rodrigues, Gil e Luiz Henrique; Naldinho, Charles e Marquinhos. Em 1992 o seu último ano no clube da Fonte Nova ia a campo com Sandro Neri; Mailson, Jorginho, Vagner Basilio e Gilvan; Paulo Rodrigues, Lima Sergipano e Osmar Barbosa; Marcelo, Vandick e Naldinho. Em 1993 foi para o futebol japonês contratado pelo Tokio Verdy. No ano seguinte abandonou os gramados. Paulo Rodrigues considera que Evaristo de Macedo e Pedro Rocha foram os melhores técnicos que o orientaram. Os melhores volantes que viu em ação foram Toninho Cerezo e Falcão. Os melhores meias canchas que enfrentou foram Zico e Pita. O seu gol inesquecível foi marcado no jogo Botafogo de Ribeirão Preto X Santos. Os seus ídolos nos gramados são Toninho Cerezo e Falcão. Hoje aposentado, Paulo Rodrigues reside em Uberaba onde possui uma criação de cães da raça pastor maremann. Assim, resgatamos a história futebolística do Paulo Rodrigues, que inegavelmente foi um excelente volante que ficou na história do futebol baiano e brasileiro.

COMENTÁRIOS ()